FANDOM


Galatea, os Olhos de Deus, foi a Claymore número 3 da geração de Clare. Por conta de sua brilhante percepção de Youki, ela era conhecida como os "olhos da Organização".

Aparência Editar

Galatea pode ser distinguida das demais guerreiras da Organização por seu cabelo extremamente longo e liso. Como a maioria das Claymore, ela usa o uniforme da Organização, possui olhos prateados, cabelo loiro e porta uma espada. Ela é mais alta que outras guerreiras da Organização.

Após desertar da Organização e se disfarçar sob o nome de irmã Latea, ela ganhou uma cicatriz em cada olho.

Personalidade Editar

Presunçosa e graciosa, Galatea tem orgulho do seu prestigiado número de dígito único e se recusa a liberar yoki a ponto de deformar suas feições. A sua vaidade às vezes a põe em desvantagem contra seus inimigos. Além disso, Galatea gosta de usar uma linguagem sarcástica e trocista tanto com seus inimigos quanto com seus amigos. Ela chegou a comentar sobre a sua contrariedade em ter tido parte de seu cabelo cortado por Clare ter usado a técnica Corte de Vento' em Agatha.

Num período de sete anos, no qual ficou escondida em Rabona disfarçada de freira, pudemos perceber um lado mais suave de Galatea. As crianças da cidade a tinham como uma figura maternal e Galatea, por sua vez, sentia-se obrigada a amparar Rabona quando estivesse em perigo.

Dada a sua experiência e maturidade, Galatea orienta as demais Claymore. A sua habilidade de percepção de yoki garante também uma sensibilidade maior para entender os sentimentos de outras pessoas, como visto quando ela leu perfeitamente os gestos e emoções de Miria, Deneve, Helen e Clare nas Montanhas Paburo e quando analisou e compartilhou suas visões a respeito dos verdadeiros motivos da revolta de Miria pela Organização.

Referência Editar